sábado, 2 de abril de 2011

Diferenças intelectuais atrapalham os relacionamentos?

m


Não faltava pontuar mais nada, depois de marcar a diferenças de tribos, grupos sociais e étnicos, como motivos para impossibilidades amorosas; agora veio à ser o nível intelectual ,além de todos os demais. À cada dia a sociedade tende a distanciar homens e mulheres. E falando em mulheres, essa é nossa ênfase, eu digo: somos muito intelectuais e vocês irão saber porque.
É certo que o número de mulheres que tem mostrado as suas habilidades cognitivas em várias áreas tem crescido consideravelmente, segundo estatística do IBGE no período  de 2003 à 2009. Elas vivem mais, tem melhor rendimento profissional, mas não são reconhecidas como deveriam. O mercado trabalhista já está percebendo que investir na qualificação feminina é sem dúvida uma boa maneira de obter  sucesso e um trabalhador hábil.
Mas porque as mulheres tem alcançado tantos progressos em vários campos de suas vidas?Seja na família, no trabalho... e são elas as  mais interessadas em investir e se dedicar ao seu crescimento pessoal, sem se quer esquecer dos filhos, da casa ou do marido...?
Por séculos fomos vistas como sexo frágil, e isso não apenas no físico, mas principalmente no intelecto. “A inferioridade mental da mulher” do fisiologista alemão  Moebius (Andrés-Pueyo & Zaro, 1998). Olha, que situação, os tempos mudam... e ele felizmente mudou, agora as multi-habilidades feminina são consideradas referenciais nas administrações familiares e no mercado empresarial.
Antigamente, classe social definia a intelectualidade das pessoas; agora não têm mais sentido ser assim, e aí está a questão: Será que os exemplos de competência, a pluralidade, a independência feminina tem atrapalhado os seus relacionamento? Será que deixamos de ser submissas e passamos a ser "cabeça"?
Algumas mulheres estão invertendo o seu papel, estão mudando completamente os seus conceitos conservadores pelos contemporâneos, e  isso, claro, irá afetar todas as suas relações. A educação dos filhos por exemplo, fica nas mãos dos meios de comunicação ou de qualquer outra pessoal.
Na vida amorosa... essa é a mais importante, é em que se baseia todas as outras, não se formam mais famílias como antigamente. A mulher evoluiu, o homem diminuiu e a família... sumiu.
Os homens não ficam atrás, aqueles que adquirem um grau maior de conhecimento além do que sua parceira, estão se distanciando mais; eles não encontram encaixe para sua vida à dois, pois os assuntos, os diálogos não batem mais.
A incompatibilidade é um problema sério, que precisa ser analisado e priorizado antes de se iniciar qualquer relacionamento. E você que está em uma relação e  perdeu a sintonia com seu parceiro(a), traga-o para perto de você, cresçam juntos, vivam juntos, sonhem juntos, essa é a beleza da vida à dois, sermos "NÓS".

Roberta Caetano


3 comentários:

  1. Devemos ser sábias para entendermos que em nossas diferenças cada um têm seu determinado papel, que não é nem menos e nem mais, é apenas necessário.

    ResponderExcluir
  2. ESTOU PASSANDO POR ISSO, EU NAO TENHO TEMPO QUE ELE NECESSITA E ELE ACHA QUE ESTOU DISTANCIANDO, POIS TENHO QUE ME DEDICAR AOS ESTUDOS.

    ResponderExcluir
  3. IVONETT diga a ele que há tempo para tudo,não podemos viver por alguém, temos que amar esse alguém, entendê-lo. Relacionamento é parceria, pois ninguém faz nada sozinho.
    O ajude, peça a ajuda dele para os trabalhos acadêmicos...faça desse problema uma solução.
    Só você sabe como é a dinâmica da sua relação afetiva.
    Boa Sorte!

    ResponderExcluir